Número de páginas: 136

Edição: 1(2018)

ISBN: 978-85-924701-1-1

Formato: A5 (148x210)

Coloração: Preto e branco

Acabamento: Brochura c/ orelha

Tipo de papel: Offset 90g

A DUDA na perspectiva abolicionista de Peter Singer

Sinopse

Objetivo da análise crítica sobre a Declaração Universal dos Direitos dos Animais (DUDA), sob a luz da perspectiva abolicionista de Peter Singer, se deve ao fato da ineficiência da própria declaração como documento norteador em defesa dos outros animais.

A inadequada política dos países e a persistente falta de respeito da sociedade aos direitos e valores intrínsecos dos outros animais levam constantemente a humanidade a cometer crimes contra a natureza.

A falta de informação e educação sobre ética animal abolicionista nas escolas/universidades, leva ao desrespeito pelo próximo. O desconhecimento do direito a coexistir com outras espécies leva ao genocídio. O desprezo da capacidade de senciência (sentir/consciência) dos outros animais está intimamente relacionado com a falta de empatia e compaixão com a nossa própria espécie.

A DUDA reconhece todos os animais como sujeitos de direito?

A venda

Amazonformato impresso
Amazonformato ebook
Clube dos Autores formato impresso
Mercado LivreFormato impressoVenda direta com o autor